terça-feira, 22 janeiro 2019

TypeTatts – as tatuagens tipográficas de Wilson Junior

Eu, como apaixonada por tatuagens, quando vi esse trabalho tive vontade de colocar ela toda na pele, confesso. TypeTatts é um projeto do designer gráfico paulista Wilson Junior, com seus 25 anos de puro talento ele conseguiu unir tipografias conhecidas em uma verdadeira obra artística.

Admirador de tatuagens principalmente do estilo “old school”, Wilson busca fazer uma ligação entre o design e tatuagem, embora exista uma distinção entre as duas ele gosta de buscar semelhanças com o design nas mais diversas áreas, independente se for tatuagem, grafitti, papercraft, ou seja, tudo que esteja relacionado ao design. E foi através dessa ideia que surgiu o TypeTatts na intenção de sintetizar uma dessas comparações.

Segundo Wilson – “Como a tatuagem old school consegue-se extrair coisas visualmente bem resolvidas (ou pelo menos tentei fazer isso rs) baseando-se em coisas que as vezes passam despercebidas no nosso dia-a-dia como por exemplo, as fontes que usei no projeto. São fontes muito boas, com diversos usos e aparecem em diversos projetos, e as vezes esquecemos o quão belas são as fontes que passam pelo nosso cotidiano, e esse estilo de tattoo, a própria linguagem da tatuagem transmite o visual dessas fontes de uma maneira muito impactante e ao mesmo tempo numa estética legal.”

 

Atualmente o designer vem fazendo experimentos que envolvem lettering e ilustração. Embora seja um cara ansioso – como ele mesmo se define – desenhar letras em grandes formatos para ele era algo complexo pois não havia muita paciência quando se tratava em tirar proporção certinha, desenhar sombra, volume o que ocasionava sempre em fugir para caminhos mais simples (ou menos complicado, eu diria) como a caligrafia. Wilson frisa que – “sempre fugia pra caligrafia, que é bem mais dinâmica e se tem resultados (dependendo do que você quer fazer) instantâneos. Agora a caligrafia está me entediando um pouco e estou começando a criar gosto pela coisa de desenhar letras e todos seus mínimos detalhes.”

A maior dificuldade para a criação é fazer a aplicação sem borrar, na primeira tentativa nunca ficava da forma que se imaginava o que acabava ocasionando em reimpressões, Wilson ainda frisa a importância de “bater um papo com quem vai imprimir”, além de fazer os devidos ajustes, testando, tentando até chegar no resultado satisfatório.

E para a alegria de quem gostou deste projeto pode esperar que haverão continuações inspiradas em outros estilos de tatuagem! Já estou ansiosa para ver o resultado.

Clique aqui, aqui e aqui para conhecer um pouco mais do trabalho do Wilson!

Comentários no Facebook